building culture
As grandes histórias escrevem-se com valores no coração dos homens.
Explore os nossos valores...
Somos um grupo de empresas que opera nos seguintes mercados:
Engenharia & Construção, Ambiente, Energias Renováveis, Telecomunicações, Real Estate e Ventures.
Fotografia por Luís Pinto, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Respeito. (do lat. respectu) s.m. 1. ato ou efeito de respeitar; 2. consideração; apreço; 3. deferência; acatamento; veneração; 4. homenagem; culto; 5. relação; referência…

Acreditamos que todos devem ser respeitados pelo seu trabalho, pelas suas atitudes, opiniões e opções.

Fotografia por Mila Teshaieva, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Rigor. (do lat. rigore) s.m. 1. dureza; força; 2.fig., severidade; pontualidade; exatidão.

Não existe "mais ou menos nivelado", "mais ou menos aprumado", "mais ou menos limpo" ou "mais ou menos seguro", mas sim "nivelado", "aprumado", "limpo e seguro". O rigor reflete-se nos nossos procedimentos, no horário e nas regras a cumprir. Ser severo, do ponto de vista dos princípios e da moral, é ser rigoroso.

Fotografia por , finalista do Prémio Emergentes dst 2012.

Paixão. (do lat. passione) s.f. 1. sentimento intenso e geralmente violento (de afeto, alegria, ódio, etc.) que dificulta o exercício de uma lógica imparcial; 2. objeto desse sentimento; 3. grande predileção; 4. parcialidade; 5. grande desgosto; sofrimento imenso…

Sob o signo da paixão - texto da poetisa Regina Guimarães - é o nosso ícone. Paixão é ter grande entusiasmo por alguma coisa, ânimo favorável ou contrário a algo.
É a sensibilidade que um engenheiro ou arquiteto transmite através de uma obra.
Paixão é a entrega a um projeto. Paixão é um estado de alma quente.

Fotografia por Jakub Karwowski, finalista do Prémio Emergentes dst 2012.

Lealdade. (do lat. legalitate) s.f. qualidade de leal; fidelidade; sinceridade.

Respeito aos princípios e regras que norteiam a honra e a probidade. Fidelidade dos compromissos e contratos assumidos, presença de caráter.
Ser leal com os parceiros de negócio, com quem de nós depende e de quem dependemos. Ser confiável por ser leal.

Fotografia por Ian Lieske, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Solidariedade. (do lat. solidare) s.f. 1. qualidade de solidário; 2. responsabilidade recíproca entre elementos de um grupo social, profissional, etc.; 3. sentimento de partilha de sofrimento alheio.

Ser solidário é ser amigo, é estender a mão com generosidade genuína, é levar alegria e calor humano a quem de alguma forma está marginalizado. Ser solidário é ser mais humano. Uma empresa solidária é reconhecida como uma empresa justa e não egoísta. Uma empresa solidária é preferida nos negócios. É uma empresa mais competitiva. O voluntariado é um veículo para a solidariedade. É moderno, justo, culto, amigo, é um gesto nobre e de elevação moral.

Fotografia por Clarence Gorton, finalista do Prémio Emergentes dst 2012.

Coragem. (do lat. coraticum) s.f. 1. bravura face a um perigo, intrepidez, ousadia; 2. força moral ante um sofrimento ou revés; 3. [fig.] energia na execução de uma tarefa difícil, perseverança.

A coragem é essencial na nossa vida. Coragem para enfrentar situações menos simpáticas nos temas mais difíceis, não esperando resoluções ao acaso.
É um valor que devemos evidenciar por oposição ao medo, à cobardia e à preguiça. Coragem para reagir a uma crítica não com uma atitude de desmotivação ou tristeza, mas antes procurar o meio e a ação para superar o seu motivo. Recomenda-se muito este tipo de coragem, que é também uma coragem intelectual.

Fotografia por Filipa Alves, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Ambição. (do lat. ambitione) s.f. 1. desejo veemente de riqueza, honras ou glórias; 2. expectativa em relação ao futuro, aspiração; 3. cobiça, ganância.

Anseio veemente de alcançar determinado objetivo. Ambição para não nos resignarmos. Ambição por tirar o maior potencial de nós próprios. Ambição para nos merecermos. Ambição para sermos atletas na nossa profissão de alta competição. Ambição para bater as nossas marcas. Ambição para fazermos os melhores negócios com o máximo de valor à custa da mais alta competência e eficiência.

Fotografia por Scarlett Coten, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Bom Gosto. (do lat. gustu) s.m. 1. capacidade de apreciação do valor estético de alguma coisa; 2. elegância, requinte, sentido estético; 5. cunho particular que um artista dá às suas produções.

Optámos por fundar a economia da empresa numa imagem culta, cosmopolita e cool. Bom gosto porque é um estado de ser com charme. Bom gosto porque somos sustentáveis e respeitamos o planeta. Bom gosto porque somos sensíveis. Bom gosto porque sim.

Fotografia por Karl Erik Brondbo, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Responsabilidade. (do lat. respondere) s.f. obrigação de responder pelas ações próprias, pelas dos outros ou pelas coisas confiadas.

Temos de ter a certeza que, perante uma escolha, escolhemos o que é melhor para os dois e não apenas o melhor para cada um. Cada colaborador é responsável pela sua atividade negociada e corresponsável se o colega não cumprir a sua, impedindo o objetivo comum. Uma equipa é o conjunto - é o todo. No jogo empresarial, como no social ou familiar, todos têm de cumprir na sua posição relativa e todos devem contribuir para que, por omissão, não permitamos que um dos nossos não seja um dos nossos.

NormaNP EN ISO 9001:2015 [1] / NP EN ISO 9001:2008 [2]
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2007 [1] / 2003 [2]
Número de certificação2007/CEP.2951 [1] / 2003/CEP.1952 [2]
ÂmbitoConstrução civil e obras públicas, ensaios laboratoriais e manutenção de equipamentos e viaturas. Conceção, desenvolvimento e fabrico de produtos de madeira e derivados da madeira, mobiliário e montagem em obra. [1] Conceção, desenvolvimento, produção e aplicação de betão betuminoso. [2]
NormaNP EN ISO 14001:2012
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2007
Número de certificaçãoNº2007/AMB.0326/1
ÂmbitoConstrução Civil e Obras Públicas, Manutenção de Equipamentos e Viaturas, Fabrico de Produtos de Madeira e Mobiliário.
NormaEMAS
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2008
Número de certificaçãoPT 000080
ÂmbitoFabrico de produtos de madeira e mobiliário; manutenção de viaturas e equipamentos.
NormaOHSAS 18001:2007 / NP 4397:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2007
Número de certificação2007/SST.0136/1
ÂmbitoConstrução civil e obras públicas; manutenção e prestação de serviços de viaturas e equipamentos; produção e aplicação de betão betuminoso; execução de obras de geotecnia e fundações especiais; fabrico e montagem de madeira, derivados de madeira e mobiliário.
NormaEN 13108-1:2006 + EN 13108-1:2006/AC:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2008
Número de certificação0866-CPD-2008/CE.0075
ÂmbitoMisturas betuminosas.
NormaNP EN ISO 9001:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2006
Número de certificação2006/CEP.2640
ÂmbitoConceção, desenvolvimento, produção e montagem de estruturas metálicas e conceção de projetos de engenharia.
NormaNP EN ISO 14001:2012
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2007
Número de certificação2007/AMB.0326
ÂmbitoConceção e desenvolvimento de produção e montagem de estruturas metálicas.
NormaEMAS
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2010
Número de certificaçãoPT-000095
ÂmbitoConceção e desenvolvimento de produção e montagem de estruturas metálicas.
NormaOHSAS 18001:2007 / NP 4397:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2007
Número de certificação2007/SST.0136/2
ÂmbitoProdução e montagem de estruturas metálicas.
NormaEN 1090-1:2009+A1:2011
Entidade certificadoraBureau Veritas
Data de certificação2013
Número de certificação1035-CPR-ES053973
ÂmbitoComponentes para estruturas de aço.
NormaNP EN ISO 9001:2008
Entidade certificadoraEIC
Data de certificação2013
Número de certificaçãoE - 2715
ÂmbitoRestauro e remodelação do património, construção de edifícios e obras públicas.
NormaNP EN ISO 14001:2012
Entidade certificadoraEIC
Data de certificação2014
Número de certificaçãoA - 0328
ÂmbitoRestauro e remodelação do património, construção de edifícios e obras públicas.
NormaOHSAS 18001:2007 / NP 4397:2008
Entidade certificadoraEIC
Data de certificação2014
Número de certificaçãoS - 0250
ÂmbitoRestauro e remodelação do património, construção de edifícios e obras públicas.
NormaNP 4457:2007
Entidade certificadoraEIC
Data de certificação2013
Número de certificaçãoIDI - 0027
ÂmbitoDesenvolvimento e Inovação no Restauro e remodelação do património, construção de edifícios e obras públicas.
NormaNP EN ISO 9001:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2011
Número de certificação2011/CEP.4002
ÂmbitoProdução de painéis solares fotovoltaicos.
NormaNP EN ISO 14001:2012
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2011
Número de certificação2011/AMB.0561
ÂmbitoProdução de painéis solares fotovoltaicos.
NormaOHSAS 18001:2007 / NP 4397:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2011
Número de certificação2011/SST.0307
ÂmbitoProdução de painéis solares fotovoltaicos.
NormaNP 4457:2007
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2012
Número de certificação2012/IDI.0062
ÂmbitoDesenvolvimento e inovação nas atividades de comercialização e produção de painéis fotovoltaicos.
NormaEN 61730
Entidade certificadoraTÜV Rheinland
Data de certificação2014
Número de certificaçãoPV 60095254
ÂmbitoMódulos fotovoltaicos (PV) - qualificação de segurança.
NormaIEC 61215
Entidade certificadoraTÜV
Data de certificação2014
Número de certificaçãoPV 60095253
ÂmbitoMódulos fotovoltaicos (PV) terrestres de silício cristalino - qualificação do design e aprovação do tipo.
NormaNP EN ISO 9001:2008
Entidade certificadoraEIC
Data de certificação2011
Número de certificação2011/CEP.3998
ÂmbitoFornecimento, corte e dobragem de varão nervurado para a construção.
NormaNP EN ISO 14001:2012
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2011
Número de certificação2011/AMB.0558
ÂmbitoFornecimento, corte e dobragem de varão nervurado para a construção.
NormaOHSAS 18001:2007 / NP 4397:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2011
Número de certificação2011/SST.0304
ÂmbitoFornecimento, corte e dobragem de varão nervurado para a construção.
NormaNP 4457:2007
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2011
Número de certificação2011/IDI.0034
ÂmbitoDesenvolvimento e inovação nas atividades de projeto, corte e dobragem de varão nervurado para a construção.
NormaNP EN ISO 9001:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2002
Número de certificação2002/CEP.1753
ÂmbitoInstalação de postos de transformação e iluminação pública. Instalação de ramais de média e baixa tensão, instalações elétricas de utilização de energia elétrica. Projeto e instalação de aquecimento, ventilação, ar condicionado e refrigeração. Instalações Hidromecânicas.
NormaNP 4457:2007
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2013
ÂmbitoDesenvolvimento e Inovação nas atividades de Instalação de postos de transformação e iluminação pública. Instalação de ramais de média e baixa tensão, instalações elétricas de utilização de energia elétrica. Projeto e instalação de aquecimento, ventilação, ar condicionado e refrigeração. Projeto e instalação de fibra ótica. Instalações Hidromecânicas.
NormaET.SAC.01:2013
Entidade certificadoraCertif
Data de certificação2014
Número de certificaçãoSAC - 244/2014
ÂmbitoManutenção e assistência técnica de equipamentos fixos de refrigeração, ar condicionado e bombas de calor, que contenham gases fluorados com efeito de estufa em conformidade com os Regulamentos (CE) 842/2006 e 303/2008 e com o Decreto-Lei nº 56/2011.
NormaNP EN ISO 9001:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2008
Número de certificação2008/CEP.3140
ÂmbitoConceção, desenvolvimento e produção de betão pronto.
NormaOHSAS 18001:2007 / NP 4397:2008
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2007
Número de certificação2007/SST.0136.3
ÂmbitoProdução e distribuição de betão pronto.
NormaNP 4457:2007
Entidade certificadoraAPCER
Data de certificação2013
Número de certificação2013/IDI.0074
ÂmbitoDesenvolvimento e Inovação de Sistemas de Informação e Software de Gestão.