building culture
As grandes histórias escrevem-se com valores no coração dos homens.
Explore os nossos valores...
Somos um grupo de empresas que opera nos seguintes mercados:
Engenharia & Construção, Ambiente, Energias Renováveis, Telecomunicações, Real Estate e Ventures.
Fotografia por Luís Pinto, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Respeito. (do lat. respectu) s.m. 1. ato ou efeito de respeitar; 2. consideração; apreço; 3. deferência; acatamento; veneração; 4. homenagem; culto; 5. relação; referência…

Acreditamos que todos devem ser respeitados pelo seu trabalho, pelas suas atitudes, opiniões e opções.

Fotografia por Mila Teshaieva, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Rigor. (do lat. rigore) s.m. 1. dureza; força; 2.fig., severidade; pontualidade; exatidão.

Não existe "mais ou menos nivelado", "mais ou menos aprumado", "mais ou menos limpo" ou "mais ou menos seguro", mas sim "nivelado", "aprumado", "limpo e seguro". O rigor reflete-se nos nossos procedimentos, no horário e nas regras a cumprir. Ser severo, do ponto de vista dos princípios e da moral, é ser rigoroso.

Fotografia por , finalista do Prémio Emergentes dst 2012.

Paixão. (do lat. passione) s.f. 1. sentimento intenso e geralmente violento (de afeto, alegria, ódio, etc.) que dificulta o exercício de uma lógica imparcial; 2. objeto desse sentimento; 3. grande predileção; 4. parcialidade; 5. grande desgosto; sofrimento imenso…

Sob o signo da paixão - texto da poetisa Regina Guimarães - é o nosso ícone. Paixão é ter grande entusiasmo por alguma coisa, ânimo favorável ou contrário a algo.
É a sensibilidade que um engenheiro ou arquiteto transmite através de uma obra.
Paixão é a entrega a um projeto. Paixão é um estado de alma quente.

Fotografia por Jakub Karwowski, finalista do Prémio Emergentes dst 2012.

Lealdade. (do lat. legalitate) s.f. qualidade de leal; fidelidade; sinceridade.

Respeito aos princípios e regras que norteiam a honra e a probidade. Fidelidade dos compromissos e contratos assumidos, presença de caráter.
Ser leal com os parceiros de negócio, com quem de nós depende e de quem dependemos. Ser confiável por ser leal.

Fotografia por Ian Lieske, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Solidariedade. (do lat. solidare) s.f. 1. qualidade de solidário; 2. responsabilidade recíproca entre elementos de um grupo social, profissional, etc.; 3. sentimento de partilha de sofrimento alheio.

Ser solidário é ser amigo, é estender a mão com generosidade genuína, é levar alegria e calor humano a quem de alguma forma está marginalizado. Ser solidário é ser mais humano. Uma empresa solidária é reconhecida como uma empresa justa e não egoísta. Uma empresa solidária é preferida nos negócios. É uma empresa mais competitiva. O voluntariado é um veículo para a solidariedade. É moderno, justo, culto, amigo, é um gesto nobre e de elevação moral.

Fotografia por Clarence Gorton, finalista do Prémio Emergentes dst 2012.

Coragem. (do lat. coraticum) s.f. 1. bravura face a um perigo, intrepidez, ousadia; 2. força moral ante um sofrimento ou revés; 3. [fig.] energia na execução de uma tarefa difícil, perseverança.

A coragem é essencial na nossa vida. Coragem para enfrentar situações menos simpáticas nos temas mais difíceis, não esperando resoluções ao acaso.
É um valor que devemos evidenciar por oposição ao medo, à cobardia e à preguiça. Coragem para reagir a uma crítica não com uma atitude de desmotivação ou tristeza, mas antes procurar o meio e a ação para superar o seu motivo. Recomenda-se muito este tipo de coragem, que é também uma coragem intelectual.

Fotografia por Filipa Alves, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Ambição. (do lat. ambitione) s.f. 1. desejo veemente de riqueza, honras ou glórias; 2. expectativa em relação ao futuro, aspiração; 3. cobiça, ganância.

Anseio veemente de alcançar determinado objetivo. Ambição para não nos resignarmos. Ambição por tirar o maior potencial de nós próprios. Ambição para nos merecermos. Ambição para sermos atletas na nossa profissão de alta competição. Ambição para bater as nossas marcas. Ambição para fazermos os melhores negócios com o máximo de valor à custa da mais alta competência e eficiência.

Fotografia por Scarlett Coten, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Bom Gosto. (do lat. gustu) s.m. 1. capacidade de apreciação do valor estético de alguma coisa; 2. elegância, requinte, sentido estético; 5. cunho particular que um artista dá às suas produções.

Optámos por fundar a economia da empresa numa imagem culta, cosmopolita e cool. Bom gosto porque é um estado de ser com charme. Bom gosto porque somos sustentáveis e respeitamos o planeta. Bom gosto porque somos sensíveis. Bom gosto porque sim.

Fotografia por Karl Erik Brondbo, finalista do Prémio Emergentes dst 2011.

Responsabilidade. (do lat. respondere) s.f. obrigação de responder pelas ações próprias, pelas dos outros ou pelas coisas confiadas.

Temos de ter a certeza que, perante uma escolha, escolhemos o que é melhor para os dois e não apenas o melhor para cada um. Cada colaborador é responsável pela sua atividade negociada e corresponsável se o colega não cumprir a sua, impedindo o objetivo comum. Uma equipa é o conjunto - é o todo. No jogo empresarial, como no social ou familiar, todos têm de cumprir na sua posição relativa e todos devem contribuir para que, por omissão, não permitamos que um dos nossos não seja um dos nossos.

Produto de outros de nós, herdamos o valor do respeito, do rigor, da paixão, da lealdade, da solidariedade, da coragem, da ambição, do bom gosto e da responsabilidade.

Quase tudo se resolve, mesmo em momentos de tensão extrema, por esta obsessão de ser a cumprir com a nossa identidade.

O que faltar, ganhamos pela inquietação, uma espécie de insatisfação intelectual que nos persegue e nos levanta contra as adversidades e, despertos de intensa necessidade de conhecer mais, criamos valor em áreas de negócio onde a competição exige sofisticação só ao alcance de quem  (como cantou António Variações) só está bem onde não está.

Atuamos no sentido de sermos autores da nossa narrativa empresarial, que é o mesmo que dizer que gostamos de independência e amamos a liberdade.

Muito do negócio que executamos é criado por nós e continuaremos a lutar para surpreender e para que assim continue a ser.

Temos seis áreas bem nítidas no nosso mapa estratégico: Engenharia & Construção, Ambiente, Energias Renováveis, Telecomunicações, Real Estate e Ventures.

Cada área tem a sua contribuição líquida para as outras: umas abastecem as outras.

O trabalho em rede e a comunicação simétrica têm sentido único e não são negociáveis.

Em construção, caminhamos no sentido de entender o que vai ser consumido e, em tempo, ganhamos o conhecimento que nos faltava, na certeza de que, amanhã, o que sabemos será outra vez pouco - que o que está ganho não se pode perder mas o que temos para ganhar, de novo, precisa de mais saber.

Criação de um novo departamento na dte, a catenária, que trata do sistema de distribuição e alimentação elétrica aérea nas ferrovias.
A dstelecom venceu o prémio “Fast Mover Volume de Negócios 2015” que distingue a empresa que registou o maior crescimento de Volume de Negócios, quando comparado com o ano anterior, no ranking As Maiores do Portugal Tecnológico, da revista Exame Informática.
dstelecom Fast Mover Volume de Negocios
A dst, s.a. ficou no 1º lugar no setor da Construção no ranking '500 Maiores & Melhores Empresas' da revista Exame, do Expresso.
dst nas 500 MM empresas
Construção do primeiro sistema mundial de energia híbrida na ilha da Graciosa, Açores, em que mais de 65% da energia é proveniente de fontes renováveis, como o sol e o vento, e que conta com um inovador sistema de baterias que permitirá à ilha tornar-se praticamente independente de combustíveis fósseis. Um projeto da dst realizado em parceria com a dte e a dstrenováveis.
Graciosa Energy System
O grupo dst completou 10 anos de certificação ambiental.
Dia do Ambiente 2016 banner
Consolidação da área das Ventures, que conta com novas empresas participadas que foram conquistando reconhecimento nacional e internacional pelo seu caráter inovador.
Criação da dstrainrail, a empresa do grupo dst dedicada à especialidade de construção e manutenção de via-férrea.
dstrainrail
Criação da bysteel fs, empresa dedicada à conceção e montagem de fachadas de edifícios.
A bysteel foi eleita uma das 22 empresas portuguesas que inspiram crescimento e dinamismo empresarial na Europa, na publicação “1000 companies to inspire Europe 2016” da London Stock Exchange Group plc.
bysteel 1000 companies to inspire Europe
Manuel Alegre vence o XXI Grande Prémio de Literatura dst com a obra “Bairro Ocidental”.
Grande Premio Literatura dst 2016 Manuel Alegre
Sonja Hamad vence o International Photography Award Emergentes dst 2016 com o trabalho fotográfico “Jin - Jiyan - Azadi | Women, Life, Freedom - The Kurdish Freedom Fighters”.
Emergentes 2016 Sonja Hamad
Criação de uma nova área de negócio no grupo dst dedicada às atividades de desenvolvimento imobiliário, build to rent e asset management: Real Estate.
dstrealestate
A 2bpartner venceu os UP Awards 2015 na categoria de “Investment Firm of the Year” e a sua participada Sphere Ultrafast Photonics na categoria “Most Promising Tecnhology”.
2bpartner UP Awards
O grupo comemorou este ano a XX edição do Grande Prémio de Literatura dst, cuja obra vencedora foi “Cláudio e Constantino”, da autora Luísa Costa Gomes.
Noticias 2 Luisa Costa Gomes vence XX GPL dst
A bysteel UK Limited adjudicou a sua primeira obra em solo inglês: a extensão da Queen Mary University of London.
Noticias 2 Queen Mary University London
A dstelecom venceu o FTTH Council Europe Award 2015 na categoria de Operador, um prémio que reconhece a empresa como o operador que melhor contribuiu para o desenvolvimento de redes de fibra ótica.
Premio FTTH dstelecom 0
Início da atividade do grupo dst no Reino Unido e na Bélgica.
2bpartner faz o seu primeiro investimento no projeto Sphere Ultrafast Photonics.
timeline sphere ultrafast photonics
bysteel fecha contrato para a construção metálica de 12 hospitais na República do Congo.
Lançamento do projeto shair, com plataforma desenvolvida pela innovation point.
timeline shair be a part
Lançamento do slogan “building culture” e do novo website para o grupo dst.
timeline building culture
Reforço da parceria com a ZTE, uma das maiores empresas tecnológicas chinesas.
A Vodafone é o primeiro grande operador a comercializar serviços de “triple-play” sobre a fibra das redes rurais da dstelecom.
Reforço da internacionalização da dte em Angola. A operação foi iniciada em 2013, mas foi em maio deste ano que teve o maior volume de adjudicações.
Protocolo com a Universidade do Minho para implementar o programa de Bolsas de Mérito em Engenharia Civil.
timeline UMinho bolsas de merito
Terceira edição do Programa de Gestão Avançada dst na Porto Business School, desenhado para 26 colaboradores e representando um investimento superior a 200 mil euros.
Aposta do grupo dst na inovação: criação da caixa da inovação, arranque da campanha decidinovar e implementação da meia hora diária de inovação.
timeline decidInovar
Criação da plataforma powertracker, desenvolvida pela innovation point.
Noticia powertracker
bysteel obtém certificação europeia de acordo com a norma EN 1090-1, que visa o controlo e qualidade da produção fabril, permitindo a marcação «CE» dos seus produtos.
Renovação do restaurante M.
timeline Neon restaurante M
Conclusão do investimento de cerca de 85 milhões de euros nas Redes de Nova Geração (RNG) Norte e Alentejo e Algarve.
Inauguração da sala de manicure, prenda de Natal para os colaboradores do grupo dst.
timeline Manicure
O grupo dst atingiu os melhores resultados de sempre em 2013.
Revista Exame, em parceria com a Accenture, distingue o grupo dst como uma das melhores empresas para trabalhar em Portugal.
Construção do “Campus Desportivo dst” e promoção da iniciativa “hortas coletivas biológicas”.
Forte aposta na Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) e certificação do Sistema de Gestão de IDI, ao abrigo da norma NP 4457.
Implementação do projeto central solar fotovoltaica 2MW e constituição da PIP Solar, promotora do projeto.
Reforço da aposta na internacionalização, com a entrada no mercado moçambicano e o forte crescimento do volume de negócios internacional.
export dst
Aposta no setor do ambiente em Angola, via acordo com Angola Environment Technology – Greentech.
Aposta da dst renováveis na internacionalização, através da entrada no mercado do Canadá (dst solaris) e dos EUA (sure energy).
dstsolarissure logotipo
grupo dst vence o Prémio Excelência no Trabalho no setor da Construção, Gestão de Infraestruturas e Transportes e classifica-se em 2.º lugar no top 5 da categoria de Grande Empresa.
Arranque da atividade produtiva da unidade de produção de painéis solares fotovoltaicos: global sun, s.a.
Início do prémio Emergentes dst, no valor de €7 500, que visa premiar anualmente a melhor obra de fotografia a nível internacional. O prémio é organizado pelos “Encontros da Imagem”, uma das maiores iniciativas no campo das artes visuais em Portugal.
dst renováveis consegue atribuição de ponto de ligação de 2 MW de potência solar fotovoltaica.
grupo dst vence concurso público de Redes de Nova Geração nas regiões rurais da zona Norte e da zona Sul do país (constituição da dstelecom norte e dstelecom alentejo e algarve).
Revista Exame, em parceria com a Heidrick & Struggles (H&S), distingue o grupo dst como uma das melhores grandes empresas para trabalhar em Portugal.
Apresentação da “Torre Turística Transportável” (ttt) como segundo pavilhão de Portugal na Expo 2010, em Shangai. A ttt é o resultado de uma tecnologia portuguesa inovadora e ambientalmente responsável.
ttt torre turistica transportavel
Lançamento da aplicação mobile Vocation, desenvolvida pela innovation point.
Revista Exame, em parceria com a Heidrick & Struggles (H&S), elege a dst, S.A. como a 8ª melhor grande empresa para trabalhar em Portugal.
Lançamento das redes sociais Lappiz e Rayleague e do software gratuito bolonha for students, desenvolvidos pela innovation point.
Construção do protótipo Et3 Energic modular technology – habitação autossustentável.
Reforço da atividade no setor das telecomunicações: constituição da Porto Digital – Operador Neutro de Telecomunicações, S.A., empresa responsável pela construção da rede de fibra ótica da cidade do Porto; participação no concurso público Redes de Nova Geração nas Regiões Rurais e instalação, gestão, operação e manutenção de redes de alta velocidade em todo o interior do país (Norte, Centro e Sul).
Reforço da aposta no setor das energias renováveis através da constituição da dst hydro, S.A., empresa responsável pelo desenvolvimento de projetos de produção de energia elétrica através da utilização de recursos hídricos.
dsthydro logotipo
Aposta no solar fotovoltaico (instalação de sistemas) e na eficiência energética através da criação da empresa dst solar, S.A.
dstsolar logotipo
Revista Exame, em parceria com a Heidrick & Struggles (H&S), elege a dst, S.A. como uma das melhores empresas para trabalhar em Portugal.
Reforço da aposta no setor das águas e ambiente através da aquisição da Aquapor – Serviços, S.A. à AdP – Águas de Portugal SGPS, S.A.
aquapor logotipo
Constituição de uma Sucursal em Vigo, Espanha.
Nova ampliação do edifício administrativo central.
Transferência da central de betão pronto do concelho de Melgaço para o Parque Empresarial de Paredes.
Entrada do grupo no setor das telecomunicações: constituição da sub-holding dstelecom, SGPS, S.A.; constituição da MinhoCom e da ValiCom, em parceria com as Comunidades Intermunicipais do Vale do Minho e do Vale do Lima, para a construção, manutenção e exploração de redes de fibra ótica destinadas à venda a operadores.
dstelecom minhocom valicom
Criação de um centro de serviços de corte e moldagem de varão nervurado, destinado à produção de armaduras a utilizar nas sapatas dos aerogeradores dos parques eólicos: Steelgreen, S.A., localizado no Parque Industrial de Gême, em Vila Verde.
steelgreen logotipo
Entrada do grupo no setor da energia solar fotovoltaica, através de uma unidade de I&D e da Global Sun, S.A., unidade de produção de painéis solares fotovoltaicos.
global sun logotipo
Spin-off’s: autonomização, via cisão, de seis unidades de negócio – extração de inertes, geotecnia, betão pronto, madeiras, rochas ornamentais e metalomecânica –, com um investimento equivalente a 12 milhões de euros e recrutamento de 200 novos colaboradores, dos quais 50 quadros superiores.
Great Place to Work Institute elege a dst, S.A. como melhor empresa de construção civil e obras públicas para trabalhar em Portugal.
Ampliação das instalações do parque de materiais e do departamento de geotecnia.
Ampliação das instalações de metalomecânica.
Aposta na internacionalização com a participação na WAY2B, ACE.
way2b logotipo
Reforço de competências na área da reabilitação e restauro com a aquisição da cari, instalada na cidade de Guimarães.
cari logotipo
Abertura de escritórios em Lisboa, na Travessa do Alecrim, n.º 3 – 2.º andar.
Instalação de uma central de betão pronto no concelho de Melgaço, para satisfazer as necessidades do Parque Eólico do Alto Minho I.
Reforço da aposta no setor das energias renováveis, via constituição da sub-holding dst_Energias Renováveis, SGPS, S.A. e da dst_Wind, S.A., e através do reforço da posição acionista do grupo dst no Parque Eólico do Alto Minho I (25,63%).
dst renovaveis dst wind
Constituição da Investhome – SGPS, S.A. e do Fundo HomeInvest.
Estabelecimento de protocolo por parte da empresa VentoMinho - Energias Renováveis (participada pela dst) e da Comédias do Minho - Associação para a Promoção de Atividades Culturais do Vale do Minho, que estabelece as bases de uma cooperação para a dinamização dos valores culturais no Vale do Minho, promovendo atividades como o teatro, a música e o cinema.
Constituição da Fundação da Bienal de Cerveira, cujo conselho de administração é presidido pelo autarca local, José Manuel Carpinteira, contando com Fernando Nogueira, vice-presidente do município, Henrique Silva, diretor da bienal de arte, José Teixeira, CEO do grupo dst, e Carlos Dias, professor catedrático da Universidade do Minho.
Ampliação do edifício administrativo central.
Construção de pavilhão para criação de um centro de formação profissional e de armazéns de materiais.
Constituição da Innovation Point – Investigação e Desenvolvimento, S.A.
innovation logotipo
Início da atividade do grupo no setor das águas, saneamento e tratamento de resíduos, através da constituição da Geswater – Águas e Resíduos, S.A. e da Agere – Águas, Efluentes e Resíduos de Braga, E.M.
geswater agere
Grande Prémio de Literatura dst torna-se de âmbito nacional, iniciativa que se destina a galardoar todos os anos uma obra em português, de autor português.
Reestruturação da estrutura societária do grupo dst, com vista a otimizar a afetação dos recursos, gerar sinergias e consolidar e alavancar a presença do grupo no mercado.
Construção do módulo autossustentável, destinado a ser instalado em lugares que não permitem alterações profundas em termos construtivos de ambiente.
Construção do pavilhão do centro de produção de Rochas Ornamentais.
Instalação de uma central de betão pronto no concelho de Guimarães.
Construção do pavilhão anexo às oficinas e arquivo central.
Construção do pavilhão do centro de produção de Madeiras.
Entrada do grupo no setor das energias renováveis, designadamente da energia eólica, com a constituição das empresas: EOL Verde – Energia Eólica, S.A.; EEVM – Empreendimentos Eólicos Vale do Minho, S.A.; Parque Eólico Alto da Vaca, Lda.; EOL Minho – Energias Renováveis, S.A.
Instalação de uma central de betão pronto no concelho da Trofa.
Mudança da sede e centralização de toda a atividade (administrativa, técnica e logística) no complexo dst em Pitancinhos, Palmeira, Braga.
Constituição da Monte Dourado – Hipermercados e Imobiliária, S.A.
Constituição da Investhome – Construção e Imobiliária, S.A.
investhome logotipo
Aposta em mais uma nova e promissora área de negócio: metalomecânica.
Início da construção do complexo dst em Pitancinhos (Palmeira, Braga), incluindo o pavilhão para instalações da dte, oficina mecânica e serralharia ligeira, o edifício administrativo central e o edifício administrativo do parque de materiais e logística.
Mudança do estaleiro para Pitancinhos, Palmeira, Braga.
Integração dos ativos da carpintaria Móveis Tinoleite & Filhos, Lda.
Reestruturação do grupo: constituição da holding dstsgps, s.a.
Alargamento à área de negócio das rochas ornamentais.
rochasornamentais
Duplicação da área ocupada pelos escritórios no Edifício Olympus, Maximinos.
Instalação de uma central de betão pronto em Pitancinhos, Palmeira, Braga.
betao
Passagem a sociedade anónima: Domingos da Silva Teixeira, S.A.
Início do Grande Prémio de Literatura dst.
Constituição da Domingos da Silva Teixeira – Empreitadas Eléctricas, Lda.
dte logotipo
Início da produção de misturas betuminosas.
Mudança da sede para a Rua Cidade do Porto, n.º 79 (Edifício Olympus), Maximinos, Braga.
Aquisição da Pedreira “Monte Soeiro”, sita em Pitancinhos, Palmeira, Braga.
pedreira
Constituição da Imobiliária Teixeira & Filhos, Lda.
Constituição da Domingos da Silva Teixeira & Filhos, Lda.
dst logotipo
Pavimentações de passeios em Braga (ex: Hotel Turismo; Centro Comercial Gold Center).
Fornecimento de materiais para a construção do Estádio 1.º de Maio, em Braga.
estadio
Início da atividade de extração de inertes pela família Silva Teixeira.